ESTRATÉGIAS NUTRICIONAIS PARA NATAÇÃO

modalidadesNatacao1A natação é um esporte olímpico com características fisiológicas únicas e relações intensidade e esforço diferenciados de acordo com especialização e técnica inferida.Sendo um dos esportes mais praticados visando condicionamento físico e circulação e desenvolvimento motor (VELASCO, 1994).

A exigência de força e resistência depende da demanda de energia em acordo com as combinações dos sistemas aeróbios e anaeróbios, visando aprimorar variáveis fisiológicas em acordo com necessidade de recuperação, estado de saúde, adaptação ao treino atual, composição corporal ideal, e distribuição dos nutrientes relacionados com às sessões de treinamento diário (MEDEIROS e col., 2012).

A necessidades nutricionais de cada indivíduo são calculadas de acordo com a necessidade individual, gasto energético, especialidade, volume de treino e anamnese.Em geral as estratégias adotadas são correlacionadas à periodização de cada atleta afim de, obter melhor desempenho físico e competitivo dos mesmos.

Estuda-se a relação do maior índice de overtrainning em nadadores quando comparados à outras modalidades.O que pode ser atribuído à dificuldade da periodização adequada, treinamento extenso em acordo com várias especialidades em um mesmo atleta, técnicas distintas e adaptações aumentadas(DATO e CRISTINA, 2014).

Em oposição à tais sintomas, as estratégias nutricionais visam otimizar recuperação, realizar tamponamento, aumentar em alguns casos força com potência, outros resistência e regulação do cortisol e CPK.

Para isso é importante se ater às interações alimentares e suplementares, dosagem adequadas e rotinas e horários de ingesta em acordo com treinamento.

Algumas das estratégias mais interessantes aparecem em manipulações que podemos destacar a seguir;

*** TAMPONAMENTO/FADIGA;

BICARBONATO DE SÓDIO    5 gr

BETA ALANINA             3 gR

1-2 Cps L.A antes do treino.

_____________________________________________

Arginina AKG        750 mg

Citrulina Malato    500 mg

1-2 Cps pré e pós treino.

_____________________________________________

Taurina        500 mg

1 cps antes treino( reflexo).

 

*** FORÇA/POTÊNCIA/ DESEMPENHO;

Tribullus Terrestris    500 mg

1 Cps Antes Treino.

PHOSFATOR            1,5 gr

1 Cps Manhã e Tarde.

Phenibut

 

Conforme prescrição médica.

Ms.Caroline Ayme Fernandes Yoshioka

 

Curiosidades Olímpicas…

Olimpiadas

Os Jogos Olímpicos tiveram início na cidade de Olímpia na Grécia antiga. Os homens participavam dos jogos em honra à Zeus e as mulheres tinham seus próprios jogos em honra à Hera. O vencedor recebia uma coroa de louro ou de folhas de oliveira. Dentre as modalidades praticadas podemos citar o arremesso de dardo, salto em altura, lançamento de disco, corridas, lutas e muitas outras.

No ano 1896, os Jogos Olímpicos foram retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, conhecido com o barão de Coubertin. Nesta primeira Olimpíada da Era Moderna, participaram 285 atletas de 13 países, disputando provas de atletismo, esgrima, luta livre, ginástica, halterofilismo, ciclismo, natação e tênis. Os vencedores das provas foram premiados com medalhas de ouro e um ramo de oliveira.

Desde então, a cada quatro anos, atletas de centenas de países se reúnem num país sede para disputarem um conjunto de modalidades esportivas. A bandeira olímpica representa essa união de povos e raças. Os cinco anéis entrelaçados, representando os cinco continentes e suas cores. A paz, a amizade e o bom relacionamento entre os povos e o espírito olímpico são os princípios dos jogos olímpicos.

 

NATAÇÃO

A natação é um dos esportes mais tradicionais dos Jogos Olímpicos, sendo disputado desde a primeira edição das Olimpíadas em 1896 em Atenas. A partir dos Jogos de 1912 a disputa foi aberta para as mulheres.

Nas primeiras edições dos Jogos Olímpicos, os atletas nadavam em águas abertas, ao lado de patos e peixes – o Rio Sena, por exemplo, foi palco das competições em Paris no ano de 1900. A disputa da natação em piscinas Olímpicas teve início apenas nos Jogos de Londres em 1908.

                                                         

    Provas das Olimpíadas Rio 2016

Curiosidades

  • O país com maior número de medalhas e conquistas na natação nos jogos olímpicos é os Estados Unidos da América. Possuem em seu quadro mais de 500 medalhas.
  • Dono do recorde mundial dos 50m livre desde 2009, o brasileiro Cesar Cielo conquistou o ouro nos Jogos Pequim 2008 e o bronze em Londres 2012.
  • Em Sydney 2000, Eric Moussambani (Guiné Equatorial) virou lenda ao disputar os 100m livre 6 meses após aprender a nadar.
  • Em Munique 1972, Mark Spitz, dos EUA, ganhou sete ouros, tornando-se o maior colecionador de medalhas douradas em uma mesma edição dos Jogos, até que Michael Phelps superou o conterrâneo, em Pequim 2008, conquistando oito ouros, ao vencer todas as provas que disputou.
  • Michael Phelps é o maior atleta Olímpico da história e de todos os esportes. De Atenas (2004) a Londres (2012), o norte-americano ganhou 22 medalhas, sendo 18 de ouro.

Departamento de Marketing e Inovação

Via Farma

 

 

 

 

Omelete de claras funcional

359c0ac3d8afdd34f5b1781bfdcb7572

O omelete de claras é uma opção proteica de alta qualidade, com perfil de aminoácidos superior ao whey protein. Pode ser usado como pós-treino e também como parte de uma refeição. Já possui em sua composição TCM em pó e sal integral magnesiano.

Saiba como preparar de maneira deliciosa o Omelete de Claras em Pó

Ingredientes

– 33 g de Omelete de claras®;

– 200 mL de água;

– ½ colher (sopa) de semente de chia;

– 2 colheres (sopa) de tomate em cubos;

– 1 colher (sopa) de cebola em cubos;

– Tempero a gosto;

Modo de preparo

Misture o omelete de claras em pó com a água até completa dissolução (caso necessário utilize um mixer ou liquidificador). Misture o restante dos ingredientes e coloque em uma frigideira antiaderente ou omeleteira elétrica. Não há necessidade de untar.

BLEND DE ENZIMAS x ENZIMAS ISOLADAS

As enzimas são proteínas que têm como função catalisar reações químicas, dentre elas a digestão de nutrientes. Ao se pensar na eficiência dessas enzimas, devemos nos atentar aos fatores que podem influenciar a sua atividade como temperatura e pH.

Sabemos que determinadas enzimas atuam em pH mais ácido enquanto outras tem sua ação em pH básico. Isso acaba influenciando o local e o tempo de ação de cada enzima e consequentemente sua eficácia. Ao se utilizar enzimas isoladas, sua ação fica restrita a um determinado local. Por exemplo, um enzima digestiva que age em pH ácido terá sua ação apenas no estômago, pois quando atingir o duodeno sua atividade vai estar diminuída devido ao aumento do pH do local.

Por isso, ao se pensar em enzimas digestivas o ideal é suplementar com um blend de enzimas que atuem em diversos pH, aumentando assim a eficácia e eficiência da suplementação.

A Via Farma conta com blend de enzimas digestivas exclusivas patenteadas pela Deerland Enzymes®, com ação e eficácia clinicamente comprovada na digestão de leite e derivados, glúten e suplementos proteicos.

Não perca tempo! Entre no nosso site e saiba mais sobre essas novidades !

 

SUPLEMENTOS DE ENZIMAS DIGESTIVAS NO BRASIL

 

A digestão dos alimentos e nutrientes é um processo complexo que depende de diversos fatores, dentre eles, as enzimas. As enzimas digestivas são responsáveis juntamente com a mastigação pela hidrólise dos nutrientes, sendo que sua atividade depende de fatores como pH e temperatura.

A deficiência de enzimas pode causar intolerâncias como intolerância à lactose, intolerância ao glúten e casos de sensibilidade as proteínas. Os sintomas mais comuns relatados são desconfortos gastrintestinais como distensão abdominal, flatulência, diarreia e dores abdominais. A prevalência desses tipos de intolerância e sensibilidade vem aumento cada vez mais no mundo e no Brasil.

Pensando nisso, a Via Farma acaba de trazer novidades para o mercado magistral. Estamos com o lançamento de 3 enzimas exclusivas da Deerland Enzymes: Prohydrolase®, Glutalytic® e Dairylytic®.

A Prohydrolase® é uma enzima bio-suficiente, capaz de quebrar as proteínas de suplementos alimentares como whey protein, albumina, proteína da soja, ervilha e cânhamo. É capaz de aumentar em 20% os níveis de aminoácidos séricos, diminuir níveis de proteína C reativa.

A Glutalytic® é uma enzima capaz de quebrar proteínas do glúten mais rápido e mais eficientemente quebrando as ligações peptídicas de duas maneiras. Esta mistura única de enzimas proteolíticas tem como alvo a quebra das ligações peptídicas internas e externas que compõem a proteína do glúten.

Dairylytic® é uma mistura de enzimas com dupla função, quebra da lactose pela enzima lactase e uma mistura única de enzimas proteases desenvolvidas especificamente para quebra das proteínas do leite e seus derivados.

Entre no nosso site e tenha mais informações dessas novidades exclusivas Via Farma!

Lançamento de Enzimas Digestivas Exclusivas no Brasil

Aconteceu ontem! Um evento totalmente dedicado e focado no lançamento de enzimas digestivas exclusivas no Brasil.

Foi na Vila Olímpia em São Paulo, que sediou o evento em espaço privilegiado, trazendo conforto e praticidade aos convidados.

A Via Farma responsável pela organização do evento teve a missão de proporcionar aos prescritores convidados, uma palestra com conteúdo científico, ministrada por profissionais qualificados e conceituados tratando-se de inovação.

Jucélia Bezerra, Coordenadora de Marketing da Via Farma, foi responsável pela apresentação institucional da Via Farma.

Monica Claro (Deerland Enzymes), ficou responsável por ministrar a palestra inicial falando um pouco sobre os diferenciais e expertise da Deerland Enzymes, além de uma breve introdução sobre as inovações.

Claudia Luz (Nutricionista Esportiva responsável pela área de Pesquisa e Desenvolvimento da Via Farma) finalizou a palestra falando sobre os estudos científicos e a atuação efetiva das enzimas.

O Coffee Break foi elaborado pela Chef Renata Macena, especialista em alimentos sem glúten e sem lactose. Houve também a distribuição de amostras e sorteios de brindes.

Agradecemos a todos que compareceram e para mais informações desse lançamento exclusivo no Brasil contate nossos consultores de vendas e saiba como adquirir os produtos (11) 2067- 5718.

A Via Farma é uma empresa científica de pesquisa e desenvolvimento com foco em inovar e otimizar o mercado magistral.

agradecimentoenzimas

Sensibilidade ao glúten não celíaca

alimentos-com-glútenglute_proibido_raquel

A sensibilidade ao glúten não celíaca pode ser definida como desordens morfológicas, imunológicas ou funcionais que respondem à exclusão do glúten, na ausência de doença celíaca e alergia ao trigo. Diferentemente da doença celíaca, os indivíduos não apresentam anticorpos celíacos específicos nem a clássica atrofia das vilosidades do intestino Delgado.

Na sensibilidade ao glúten, os pacientes são incapazes de tolerar o glúten e desenvolvem uma reação adversa que normalmente não leva a danos no intestino delgado. Os sintomas aparecem logo após a ingestão de glúten e desaparecem com a retirada do glúten da dieta. Ao realizar um teste de provocação com glúten, esses sintomas reaparecem nas próximas horas ou poucos dias subsequentes.

Os sintomas são similares aos observados na Síndrome do Intestino Irritável (SII) incluindo dor abdominal, flatulência, alterações do hábito intestinal (diarreia ou constipação), e manifestações sistêmicas tais como, confusão mental, cefaleia, cansaço, dores musculares e nas articulações, dermatite, depressão e anemia.

Não existe, até o momento, conhecimento dos mecanismos fisiopatológicos desse transtorno nem um marcador bioquímico que possibilite caracterizar seu diagnóstico laboratorial.

O tratamento preconizado é a eliminação do glúten da dieta do paciente ou a melhora do processo de digestão. Enzimas digestivas específicas para o glúten podem auxiliar!

 A Via farma se preocupa e que por isso está lançando enzimas digestivas exclusivas no Brasil para auxiliar nesse processo.glutalytic

dairyticprohydrolase

Via+ Especial, Treinamento Visitadores e Atendentes

viamais29

No dia 29 de Outubro de 2015 às 15h será realizado um Via+ especial, treinamento visitadores e atendentes, com dicas especiais sobre o dia a dia de cada um, trazendo ações estratégicas de como lidar com o cliente, atendimento na entrega da fórmula manipulada como orientações sobre o uso correto do produto e o perfil do atendente, já os visitadores saberão sobre a política de relacionamento profissional farmácia x médico; a política de qualidade da farmácia para pacientes e médicos; conhecimento a respeitos dos ativos e veículos utilizados na farmácia; estímulo para relatar problemas ocorridos entre o profissional, o visitador, o paciente e a farmácia, e muito mais.

Contaremos com a presença de Caroline Yoshioka – Nutricionista Clínica e Esportiva do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) , Claudia Luz Nutricionista Esportiva da Área de Pesquisa e Desenvolvimento da Via Farma e Juliana Rodighero Farmacêutica e representante da Via Farma.

O evento é gratuito, será realizado na rua Funchal 418 17º CJ 1701 – Vila Olimpia – São Paulo as vagas são limitadas, inscreva-se nesse link: https://goo.gl/URw4t6

Transtornos Alimentares

Picture1

Transtornos alimentares (TAs) são patologias caracterizadas por qualquer alteração no padrão de comportamento alimentar que podem trazer diversos prejuízos à saúde. Atualmente são consideradas patologias com descrições pelo CID 10, DSM IV e OMS.

Os transtornos podem ter suas primeiras manifestações na infância e na adolescência. Embora sejam mais frequentes em mulheres jovens, recentemente podemos observar um aumento no número de transtornos em homens e em adultos de ambos os sexos.

Dentre os TAs, a anorexia nervosa e a bulimia nervosa são os mais conhecidos e mais estudados, porém, atualmente, podemos encontrar outros tipos e classificações como:

  • Hipergafia: aumento no consumo de alimentos que leva a um ganho de peso.
  • Ortorexia: preocupação exacerbada pela alimentação saudável.
  • Pica: consumo persistente de substâncias não nutritivas como areia, barro, entre outros.
  • Síndrome de Prader-Willi: necessidade involuntária de comer constantemente.
  • Transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP): compulsão por comer de forma desenfreada sem episódios bulêmicos.
  • Transtorno obsessivo compulsivo por alimentos: sensação ansiedade aliviada com o consumo de alimentos.
  • Transtorno de ruminação: regurgitação e remastigação dos alimentos.
  • Vigorexia: obsessão por um corpo musculoso com excesso de exercícios físicos, alimentação voltada para o ganho de massa muscular e uso de anabolizantes.

O tratamento mais eficaz para os TAs deve ser multidisciplinar, com acompanhamento médico, nutricional e psicológico. O tratamento nutricional deve ser planejado e individualizado de acordo com as características de cada transtorno. Para os casos de anorexia nervosa, o nutricionista deve tomar cuidado com a síndrome da realimentação, a evolução deve ser progressiva e planejada. O uso de suplementos alimentares proteicos podem ser utilizados como uma alternativa para o reestabelecimento do peso e ganho de massa muscular.

SELO ANVISAA VIA FARMA POSSUI O CERTIFICADO DE BOAS PRÁTICAS DE DISTRIBUIÇÃO E FRACIONAMENTO DA ANVISA


Estratégias nutricionais para o alto rendimento

A nutrição no desempenho físico pode vir a chamar atenção de atletas, tanto em modalidades coletivas quanto individuais. A maior preocupação é em relação ao rendimento e a alimentação de treino e de competição. Geralmente, os atletas dedicam-se a treinamentos por longos períodos de tempo e ainda se ocupam de outras atividades no cotidiano. Sem dúvidas, a alimentação do atleta afeta a sua saúde, seu peso e composição corporal. Além da biodisponibilidade de substratos durante o exercício, a recuperação depois do exercício, o desempenho físico e, consequentemente, sua rotina diária. Afim de melhorar o rendimento, é necessário seguir práticas de boa alimentação e consumir com acompanhamento de um profissional, suplementos, além de ter uma alimentação com uma grande variedade de alimentos em quantidades adequadas. As preocupações nutricionais podem ser divididas em duas áreas: nutrição durante o treinamento e na preparação para a competição e durante a mesma.

Os agentes ergogênicos incluem todo mecanismo ou adaptação fisiológica de melhorar o desempenho físico. O próprio treinamento pode ser visto como um agente fisiológico. A adaptação crônica à altitude, ao promover um aumento de glóbulos vermelhos, atua como um agente ergogênico fisiológico na medida em que o retorno a baixas altitudes propicia uma melhora do desempenho físico aeróbio nos primeiros dias subseqüentes ao retorno, enquanto a capacidade de transporte de oxigênio pelo sangue permanecer aumentada.

Os ergogênicos nutricionais caracterizam-se pela aplicação de estratégias e pelo consumo de nutrientes com grau de eficiência extremamente variável. Os consumidores de suplementos nutricionais geralmente utilizam estas substâncias em doses muito acima do recomendável, o que também se constitui em uma preocupação, apesar de grandes controvérsias quanto aos eventuais problemas à saúde conseqüentes ao abuso. Para se ter uma idéia do consumo de suplementos por atletas, um artigo recente relatou que entre 100 atletas noruegueses de vários esportes de nível nacional, 84 usavam algum tipo de suplemento nutricional. Muitos atletas usavam vários suplementos nutricionais, a grande maioria dos quais não apresenta qualquer comprovação científica de efetividade ergogênica. Usando uma linguagem leiga, parece uma eterna busca do “espinafre do Popeye”.

Afim de obter estratégias, manobras que colaborem com o acompanhamento nutricional de um atleta podemos aferir que o uso de tamponantes para melhorar resistência, àcido fosfatídico e fosfatidilserina pensando na melhora de liberação hormonal, equilíbrio de exames bioquímicos, bem como palatinose para obter energia, aumentando rendimento em cada treino se tornam uma base usual e efetiva dentre outras matérias primas que têm sido alvo de estudos com competidores.

Deste modo vê-se importante um acompanhamento especializado e voltado para sua modalidade específica de acordo com, tempo de treinamento, intensidade e intervalos, afim de, obter melhores resultados.

SELO ANVISAA VIA FARMA POSSUI O CERTIFICADO DE BOAS PRÁTICAS DE DISTRIBUIÇÃO E FRACIONAMENTO DA ANVISA


Caroline Yoshioka – Nutricionista Clínica e Esportiva